O Bacharelado em Turismo, consórcio do qual o ADM participa ativamente como membro desde sua origem, foi  reconhecido com a avaliação máxima de 5 estrelas pelo do Guia do Estudante no mês de setembro. Tal reconhecimento soma-se à notamáxima recebida pelo Turismo em avaliação do

INEP/MEC no ano de em 2015.

O curso foi criado na UnB no âmbito do Programa REUNI de modo conjunto entre as unidades consorciadas e teve sua oferta iniciada em 2010. O consórcio é formado por sete unidades: Departamento de Administração, Centro de Excelência em Turismo, Departamento de Economia, Departamento de História, Departamento de Geografia, Instituto de Ciências Biológicas e Faculdade de Educação. Estas unidades compõem o Colegiado do curso, coordenado atualmente pelo professor Dr. João Paulo Faria Tasso (CET).

O ADM é representado nesta esfera, desde 2009, pela Prof. Dra. Helena Costa e tem como suplente o Prof. Dr. Valmir Emill Hoffmann, ambos com atuação e produção acadêmica em temáticas de gestão e turismo. O Prof. Dr. José Márcio Carvalho esteve envolvido no grupo pioneiro para formação do consórcio e teve papel decisivo na presença do Departamento nesta experiência.

A participação do ADM se dá com oferta semestral de duas disciplinas obrigatórias (Introdução a Administração e Estratégia Empresarial), além de oferta eventual da disciplina optativa Políticas Públicas de Turismo, criada para o consórcio e com metade das vagas reservadas para estudantes de ADM. Além disso, constam 10 outras disciplinas do ADM como optativas na grade curricular do Turismo.

Neste semestre, estreitamos ainda mais a relação ao iniciar a orientação de trabalhos de conclusão de curso de estudantes de Turismo, com oferta de duas vagas, bem como a inclusão de atividades na Semana Universitária voltadas para temáticas de gestão em turismo.

O reconhecimento do Bacharelado em Turismo demonstra uma trajetória crescente de conquistas para este campo de conhecimento e para aqueles empenhados em trabalhar no formato inovador e desafiador de consórcio, assentado em premissas de uma atuação mais colaborativa e interdisciplinar na nossa Universidade.

 

Helena Costa